ProUni

O ProUni 2014/1 já encerrou. A edição 2014/2 está prevista para junho.

Com foco na inclusão de qualidade e na transformação de jovens estudantes em universitários e futuros profissionais diplomados, o Ministério da Educação (MEC) desenvolveu o ProUni (Programa Universidade para Todos). Criado em 2004, ele é destinado a estudantes que não conseguiram uma vaga em universidades públicas e não possuem renda suficiente para arcar com as mensalidades de uma faculdade particular.

O ProUni oferece a estudantes de todo o Brasil bolsas parciais ou integrais, entretanto, para concorrer é necessário preencher alguns pré-requisitos. O primeiro e mais importante deles é ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), já que a prova é usada como principal critério de avaliação. Sendo assim, a garantia de bolsas de estudo está vinculada ao desempenho do candidato no Exame, desde que a média obtida no último ano ultrapasse o valor mínimo de 450 pontos.

Além do bom desempenho no Enem, o candidato também precisa preencher alguns requisitos ligados a fatores socioeconômicos, tais como: ter cursado todo o Ensino Médio em escola pública ou parte do Ensino Médio em escola privada por meio de bolsa integral, ter renda familiar per capita de até três salários mínimos, ser professor da rede pública de ensino básico e estar concorrendo aos cursos de pedagogia, normal superior ou de licenciatura, ou ainda, ser portador de necessidades especiais.

Para se inscrever é necessário acessar o site do ProUni, tendo em mãos CPF, número de inscrição no Enem do ano anterior e senha. É preciso informar no ato da inscrição as duas opções de curso desejadas, a instituição e o tipo da bolsa. A seleção para o Programa ocorre duas vezes ao ano, sendo uma no início do primeiro semestre e a outra, no segundo. Em oito anos de existência, foram beneficiados mais de um milhão de estudantes através do Programa Universidade para Todos.

Veja as instituições credenciadas pelo ProUni