Home Universidade para Todos Bolsas de Estudos Bolsas de Estudos Filantrópicas

Bolsas de Estudos Filantrópicas

As universidades comunitárias ou confessionais são obrigadas por lei a fornecer bolsas de estudo a alunos carentes, como as bolsas filantrópicas.

Publicado por Érica Caetano em Bolsas de Estudos

Compartilhe

Instituições chamadas comunitárias usam as bolsas filantrópicas
Instituições chamadas comunitárias usam as bolsas filantrópicas

Universidades conhecidas como confessionais ou comunitárias são as que mais utilizam esse tipo de bolsa, já que são obrigadas por lei a fornecer esse benefício aos seus alunos desprovidos e necessitados. Essas instituições de ensino superior não possuem fins lucrativos e trabalham com foco justamente em ações sociais e educacionais. Por conta disso é que parte do valor arrecadado nas mensalidades, cobradas dos demais alunos, é utilizada para atividades de auxílio, de assistência social e educação, seja com atendimento gratuito em hospitais, assessoria jurídica e bolsas de estudo.

Apesar da concessão da bolsa de estudo ser determinada por lei, não há uma regra específica e geral para o modo como ocorre essa distribuição. Cada instituição desenvolve a repartição da sua maneira. Algumas universidades arcam com o pagamento dos estudos, desde que o estudante esteja regularmente matriculado, com aproveitamento acadêmico positivo e preste serviço à instituição ao findar o curso. Outras instituições oferecem bolsa de 25% a 100% do valor da mensalidade cobrada, não havendo necessidade de o aluno devolver o montante à universidade quando terminar a faculdade.

Da mesma forma em que cada universidade estabelece a maneira de oferecer a bolsa, também são elas que definem o processo seletivo. Na maioria das vezes, prioriza-se a avaliação socioeconômica do aluno. Mas há faculdades que, além da questão financeira, avaliam também o rendimento e a assiduidade do estudante nas aulas, incluindo notas e desempenho. Esses critérios são avaliados tanto para a obtenção da bolsa quanto para a continuidade do benefício durante o decorrer do curso.

 

VEJA TAMBÉM

1 2

0 comentário